Seja como consumidor ou empreendedor, você já deve ter notado que as vendas em marketplaces aumentaram muito nos últimos anos. Principalmente, devido à pandemia, em que os lojistas migraram das lojas físicas para o online.

De acordo com dados do índice MCC-ENET, desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie, em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital, ao comparar o primeiro trimestre de 2022 com o mesmo período do ano passado, o setor teve alta de 12,59%. Usando a mesma base comparativa, o faturamento também teve um boom de 11,02%. 

Por esse motivo e pela grande concorrência no mercado digital, apostar em canais de venda como os marketplaces (shoppings virtuais que reúnem vários lojistas) é uma estratégia certeira para o e-commerce. Mas, você sabe como vender nos marketplaces?

Seja no Mercado Livre, Americanas, Amazon, Magazine Luiza, Shoppe, OLX, Aliexpress ou qualquer outro marketplace, há algumas dicas que vão te ajudar a potencializar suas vendas neste canal. Vamos lá? 

1. Escolha bem os produtos que vai vender

O primeiro ponto para se tornar um vendedor de sucesso em um marketplace é fazer uma boa seleção dos produtos a serem anunciados. Para te ajudar nessa escolha, reflita sobre os seguintes aspectos:

Escolha um nicho para atuar


Para conseguir se destacar para os compradores, escolha um nicho de atuação. Quanto mais especializado você for, mais conseguirá se diferenciar dentre os outros anunciantes do marketplace.

Foque em produtos que você conhece muito bem


Trabalhar com produtos que você já conhece e com categorias que há mais afinidade, facilitará muito todo seu processo de vendas. Lembre-se que você, melhor do que qualquer um, deve conhecer de ponta a ponta seu produto para poder criar as melhores estratégias para as vendas, além de saber como responder as dúvidas dos compradores do jeito mais assertivo.

Anuncie seus produtos vencedores


Se você já possui loja física, inicie no marketplace anunciando os produtos que mais vendem em seu negócio, os famosos itens “A” da sua curva ABC.


Conquistar as primeiras vendas é muito importante para ter relevância nas plataformas online, por isso, foque nos itens que você já sabe que têm mais saída. Além disso, estar em um marketplace, é uma forma de divulgar sua marca. Portanto, ao escolher os produtos que mais representam seu negócio e mais vendem, você atrai o público que mais encaixa no perfil da sua loja.

Cheque as tendências e os concorrentes


Quais são os produtos que estão sendo muito procurados agora? Foque neles. Diversas plataformas fornecem ferramentas para o vendedor ter essa informação. Observe também se já há muitos vendedores anunciando os produtos que pretende vender. Se houver, reflita sobre quais serão seus diferenciais para você ganhar destaque e aposte nisso.

É importante lembrar que produtos de boa qualidade evitarão as devoluções. Tenha em mente que, conforme a legislação de vendas online, o consumidor tem sete dias para se arrepender da compra e devolver o produto.

Não esqueça: bons produtos que fazem jus ao anúncio, têm baixos índices de devolução.

2. Capriche no anúncio

É necessário esforço, dedicação e estudo para ter um anúncio de sucesso. Comece pesquisando seus concorrentes, veja como eles anunciam. Veja também o que as pessoas estão perguntando para seus concorrentes. Essas perguntas podem te orientar sobre quais informações adicionais colocar no seu anúncio. E fique atento aos seguintes itens:

Título


Um bom título deve ter o nome, a marca, o modelo e a especificação técnica do produto.

Categorização


Certifique-se de inserir seu produto na categoria correta. Muitos compradores utilizam a busca por categoria. Então, estar no local certo garantirá que você apareça para os clientes ideiais.

Fichas técnicas


Coloque todas as informações técnicas do seu produto, o comprador vai querer ver os detalhes do que está comprando. O preenchimento de todas as informações das fichas técnicas também trará maior relevância para seu anúncio nas plataformas.

Não esqueça de vincular o número do código de barras (Código EAN) ao anúncio do produto para ele aparecer mais nas buscas orgânicas do Google e de outros buscadores.

Variações


Se seu produto possui variações de cores, tamanho, voltagem, etc, preencha corretamente este campo para possibilitar o comprador de fazer a escolha e encontrar exatamente o que deseja. Coloque também uma foto para cada variação que você anuncia.

Foto


A foto deve ser caprichada, nítida, com boa iluminação e apresentar bem o produto.

Se você não tiver uma boa câmera, a foto pode ser de celular (que possuem cada vez mais qualidade para isto). Não indicamos tirar fotos de tablets, pois esses dispositivos, em geral, não possibilitam imagens na qualidade ideal para o anúncio.

O tamanho ideal da foto deve ser de 1200 × 900 pixels. Para ter certeza do tamanho da sua foto, procure no Google, ou em outro buscador, aplicativos para redimensionar fotos. Há várias opções gratuitas disponíveis na internet.

Mostre o produto real e apenas um modelo por foto. E, não esqueça de verificar se nenhuma parte do produto foi cortado nem ficou muito pequeno na foto.

E, por fim, use bem o espaço da foto. A experiência do seu cliente é que vai fazer ele comprar ou não seu produto.

Vídeo


Um bom vídeo pode ajudar muito nas vendas. Porém, fique atento. O vídeo deve focar apenas no produto, não deve conter nome da loja, nem dados do vendedor.

  • Seja claro, objetivo e simples.
  • Mostre o uso e as funcionalidades do produto
  • O vídeo não deve passar de 60 segundos.

Após publicar o anúncio, acompanhe seu desempenho. Se após 7 dias de publicação, nenhum item foi vendido, altere algo no seu anúncio, seja a foto, o título ou a descrição. Isto alterará os algoritmos dos marketplaces e poderá fazer com que você apareça melhor nas buscas.

Dica: analise os anúncios de sucesso de produtos semelhantes e veja como você pode aprimorar o seu.

3. Tenha os produtos em estoque

Nunca anuncie sem ter estoque.

Ter o produto para entregar é essencial para a venda online. Se seu estoque de um produto for muito pequeno e ele esgotar, seu anúncio deve ser encerrado ou pausado, isto fará com que você perca relevância no algoritmo do marketplace de indicação de produtos. Evite esta situação para você ter cada vez mais relevância entre os milhares de vendedores do site.

4. Atenda os compradores com atenção e rapidez

Na internet, sua loja estará aberta 24h por dia e os compradores querem atenção instantânea. Por isso, responda rápido aos questionamentos. Respostas em até 2 minutos podem fazer a diferença entre concluir a venda ou não. Para isso, tenha alguém da equipe de plantão mesmo à noite, nos finais de semana e feriados para não deixar seu potencial comprador esperando.

Conheça bem seu produto para passar respostas completas e técnicas. Crie também respostas de propostas. Se o comprador solicita algo que você não tem, ofereça algo semelhante já indicando o link do anúncio para tal compra.

Dica: anote as perguntas e respostas para posteriormente aprimorar seu anúncio com aquelas mais frequentes.

Após a compra ser efetuada, verifique com atenção o produto a ser despachado para não ter erros e poste-o o mais rapidamente possível. Não esqueça de informar o cliente a previsão de recebimento. Quanto antes seu cliente receber o produto, mais satisfeito ele ficará.

No pós-venda, faça o melhor possível para garantir a satisfação do seu cliente.

Além disso, ter uma comunicação amigável e resolutiva pode te proporcionar uma boa avaliação mesmo que o produto tenha que ser trocado ou devolvido.

5. Invista nas primeiras vendas para ganhar relevância e reputação

Em geral, os marketplaces oferecem benefícios e melhor posicionamento para aqueles que já vendem um pouco mais.

Uma boa estratégia para se posicionar melhor entre tantos vendedores é investir para conseguir as primeiras vendas, baixando a margem de lucro nos primeiros produtos, até mesmo vendendo a preço de custo.

Uma vez adquirido o patamar inicial de benefícios do marketplace, você volta a posicionar sua margem de lucro.

6. Precifique bem seus produtos

Um dos maiores desafios para os pequenos negócios é colocar o preço correto nos produtos.

No comércio eletrônico, este item também é fundamental. Oferecer frete grátis, por exemplo, pode destacar seu anúncio, mas você precisa ter em mente que este custo será arcado por você. Assim, se adotar esta estratégia, verifique o preço a ser anunciado. Alguns marketplaces dividem o custo do frete grátis com o vendedor para produtos acima de um valor específico.

Verifique as condições da plataforma que está vendendo para definir sua estratégia de frete e de preços.

Sem dúvidas, estudar o mercado digital é a melhor maneira de criar um e-commerce ou marketplace fortes, que possam sobreviver do mercado e, muito mais do que isso, que possam crescer e se consolidar como referência no mundo das vendas online.

A Social Digital Commerce tem toda expertise para colocar seus produtos nos principais Marketplaces do Brasil como: Mercado Livre, Shoppe, Aliexpress, B2W, Magazine Luiza, Via Varejo, Amazon, Mobly, MadeiraMadeira, Centauro, Carrefour, NetShoes, Dafiti, Leroy Merlin, Social2shop, Zattini, etc.

Quer vender seus produtos online, agende um call conosco: contato@socialfullcommerce.com.br